Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vetores da Inutilidade

Poesia, Atualidade, Crítica, Opinião, Artes e Cultura. Um blog por João M. Pereirinha

Vetores da Inutilidade

Poesia, Atualidade, Crítica, Opinião, Artes e Cultura. Um blog por João M. Pereirinha

Uma imagem o que é?

Uma imagem o que é?

Qual é a designação

Que temos para visualizar

Através da descrição,

O que estamos a designar?

O que é uma Imagem?

O que é a Imagem?

Não sei, apesar de já ter

Visto muitas imagens.

Terei uma ideia, mas saber,

Não sei o que são imagens.

E quem sabe está enganado,

O que define não é designável

E quem acredita é enrolado

Na definição não palpável.

A imagem é muito mais

Que os estereótipos banais

Que formamos inconscientemente.

É memória e presente,

Quem sabe, o inexistente,

Que desconhecemos atualmente.

 

Até um cego saberá certamente

Que uma imagem é diferente

De uma fotografia ou memória,

Ao que tentará, da sua sabedoria,

Arranjar uma imagem oratória

Que defina esta categoria.

A dos significados não comprovados

De palavras por aferir e comprovar,

Às quais estamos agarrados

Sem nos conseguir libertar.

 

Continua a inexplicação

À inicial interrogação

Acerca da imagem.

É um truque de linguagem

Que não posso esclarecer.

Lamento não saber

Mas continuarei a procurar

Até que venha a encontrar

Algo capaz de me esclarecer.

 

João Miguel Pereirinha, 23 de Maio de 12

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.